quarta-feira, 16 de maio de 2012

Concedendo permissão de escrita no “C:\” para arquivos *.txt no Windows 7


Boa tarde. Mais uma solução para o Windows 7. 

Estava eu trabalhando quando me deparei com o problema de conceder permissão de escrita no “C:\” para arquivos *.txt no Windows 7. No Windows XP é fácil: alterando a permissão de segurança nas propriedades do arquivo ou pasta a pessoa conseguia trabalhar no programa. Mas no 7 algumas coisas mudaram. Estou considerando que você tenha no mínimo o nível de conhecimento intermediário para efetuar os procedimentos abaixo:

1° - Acessar as “Diretivas de Segurança Local” pelo o comando: secpol.msc.



2° - Acessar a opção “Diretivas Locais”:



3° - Acessar a opção “Atribuição de direitos de usuário”:



4° - Acessar a opção “Fazer backup de arquivos e pastas”:



5° - Clicar no botão “Adicionar usuário ou grupo...”:





6° Adicionar “Domain Users”:





7° - Pronto!!! Agora é só reiniciar e testar. Abaixo segue a correção caso apresente o erro: “Falha ao salvar Banco de dados de diretiva local” ao realizar a configuração acima.


Erro “Falha ao salvar Banco de dados de diretiva local” ao editar as diretivas locais (Microsoft)

Este artigo ajuda você a restaurar as configurações de segurança padrão no Windo...
Este artigo ajuda você a restaurar as configurações de segurança padrão no Windows XP e no Windows Vista. Você só deve usar esta solução quando uma alteração de segurança aplicada ao computador causar efeitos negativos e não houver backup disponível para realizar a restauração. Esta solução não restaura todas as configurações de segurança que são aplicadas ao instalar o Windows.··. Para corrigir o problema automaticamente, clique no link Corrigir este problema....
Para corrigir o problema automaticamente, clique no link Corrigir este problema. Em seguida, clique em Executar na caixa de diálogo Download de Arquivo e siga as etapas descritas neste assistente.

Microsoft Fix it 50198

Observações
·         Esse assistente pode estar apenas em inglês, mas a correção automática também funciona para versões do Windows em outros idiomas.
·         Se o computador que você está usando não apresentar o problema, você poderá salvar a correção automática em uma unidade flash ou em um CD para que possa executá-la no computador com o problema.

Próximas etapas
Após executar este Microsoft Fix it, vá para a seção "O problema foi corrigido? ".
Exemplo de comando para redefinir as configurações de segurança As etapas a segu...
Exemplo de comando para redefinir as configurações de segurança
As etapas a seguir não se aplicam ao Windows XP Home Edition nem às edições Windows Vista Home Basic e Home Premium. Para restaurar as configurações de segurança das edições Home, use o Microsoft Fix, a Restauração do Sistema ou um backup.Observação Depois de aplicar as configurações de segurança, você não poderá desfazer as alterações sem realizar uma restauração a partir de um backup. Se não tiver certeza sobre como restaurar as configurações de segurança padrão, faça o backup completo que inclui o Estado do Sistema (os arquivos do Registro). Os itens que são redefinidos incluem os arquivos e pastas do sistema de arquivo NTFS, o Registro, as diretivas, os serviços, as permissões e a associação de grupo. 


Para restaurar o sistema operacional para as configurações de segurança padrão da instalação original, siga estas etapas:


1.      Abra um novo Prompt de comando:
2.      No Windows XP
o    Clique em Iniciar, em Executar, digite cmd e pressione ENTER.

No Windows Vista
o    Clique em Iniciar e digite cmd na caixa Iniciar Pesquisa.
o    Na área de resultados, clique com o botão direito do mouse em cmd.exe e em Executar como administrador. Você será solicitado a digitar a senha para uma conta de administrador. Clique em Continuar se você for o administrador ou digite a senha do administrador. Em seguida, clique em Continuar.

3.      No Windows XP, digite o seguinte comando e pressione ENTER:

secedit /configure /cfg %windir%\repair\secsetup.inf /db secsetup.sdb /verbose
No Windows Vista, digite o seguinte comando e pressione ENTER:
secedit /configure /cfg %windir%\inf\defltbase.inf /db defltbase.sdb /verbose
Você recebe uma mensagem "Tarefa concluída" e também uma mensagem que algo não foi realizado. Essa mensagem de evento pode ser ignorada com segurança. Para obter mais informações sobre essa mensagem, consulte o arquivo %windir%\Security\Logs\Scesrv.log.

Próximas etapas 

Depois que você executar este Microsoft Fix it (ou concluir estas etapas manuais), talvez as contas de usuário padrão não sejam mais exibidas na tela de logon quando você iniciar o computador ou tentar trocar de usuário. Isso ocorre porque as contas de usuário padrão são removidas do grupo Usuários quando você redefine as configurações de segurança do Windows. Para adicionar as contas de usuário afetadas novamente ao grupo Usuários, siga estas etapas:

1.      Clique em Iniciar e em Todos os Programas. Ou clique em Programas.
2.      Clique em Acessórios e em Prompt de Comando (Windows XP). Ou clique com o botão direito do mouse em Prompt de Comando e, em seguida, clique em Executar como Administrador (Windows Vista).
3.      Na janela do Prompt de Comando, digite net users e pressione ENTER. Uma lista de contas de usuários é exibida.
4.      Para cada nome_de_conta listado no Prompt de Comando que estiver ausente na tela de logon ou de troca de usuário, digite o seguinte comando e pressione ENTER:

net localgroup users nome_de_conta /add

5.      Agora, vá para a seção "O problema foi corrigido? ".

Mais informações

No Windows Vista, o arquivo Defltbase. inf é um modelo de configuração de segurança padrão. É possível exibir as configurações para o arquivo neste local:

%windir%\inf\defltbase.inf

Descrição de parâmetros Secedit

·         /configure: Especifica que Secedit.exe define as configurações de segurança do sistema.
·         /DB nome_do_arquivo: Fornece o caminho de um banco de dados que contém os modelos de segurança a serem aplicados. Esse é um argumento obrigatório. Contudo, o arquivo de banco de dados não precisará existir se você usar a chave /CFG para especificar um modelo de segurança.
·         /CFG nome_do_arquivo: Esse argumento é válido somente quando usado com o parâmetro /DB. Este é o caminho do modelo de segurança que será importado para o banco de dados e aplicado ao sistema. Se você não especificar esse argumento, o modelo que está atualmente armazenado no banco de dados será aplicado.
·         /overwrite: Esse argumento é válido somente quando o argumento /CFG também é usado. Esse argumento especifica se o modelo de segurança no argumento /CFG substitui qualquer modelo ou modelo composto que é armazenado no banco de dados, em vez de anexar os resultados ao modelo armazenado. Se não for especificado, o modelo no argumento /CFG será anexado ao modelo armazenado.
·         /areas Nome_da_Área1Nome_da_Área2...: Especifica as áreas de segurança a serem aplicadas ao sistema. O padrão é "todas as áreas". Cada área deverá estar separada por um espaço.
·         /log logpath: É possível usar essa opção para configurar a localização do arquivo de log que acompanha as alterações.
·         /verbose: Especifica as informações mais detalhadas sobre o andamento do projeto.
·         /quiet: Reduz a quantidade de comentários fornecidos durante a atualização na tela e no arquivo de log.
Para obter Ajuda online sobre o Secedit, clique em Iniciar, Executar, digite %windir%\help\secedit.chm e pressione ENTER.

Fontes: Google, Microsoft, Eric Moraes e André Martins. 

Abraços a todos e boa sorte.

2 comentários:

Arth Informática disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Lucas

JORGE CABRAL FILHO disse...

Estou com esse problema na hora de formatar.: {setupdd.sys page_fault_in_nonpaged_area].
Alguém pode ajudar.

Att.
Jorge Cabral